domingo, 17 de janeiro de 2010

SINTO


Sinto as tuas mãos…
Na minha pele
O calor da tua boca
A intensidade dos teus beijos…

O deslizar das teus lábios...
Pelo meu corpo…
A ternura das tuas carícias
Os teus beijos ardentes…

Sinto as tuas mãos vagabundas
Quando subtilmente…
Passeiam em mim
Incendiando os meus sentidos
Desvairando a minha razão.

Assim te sinto em mim…
E eu em ti…
Com a nossa intensidade…
O nosso desejo…
A nossa paixão…


Gil Moura

20 comentários:

  1. Uma vez vivido intensamente o Amor sempre é sentido*
    Lindíssimo*********
    Adorei, Gil.
    Felicidades*
    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Gil
    Que belo poema, intenso e muito sensual.
    Adorei.

    beijinhos com carinho

    ResponderEliminar
  3. Tão salutar ler poemas de amor com tamanha intensidade e em que ambas as partes, se entregam reciprocamente... que glória!

    Parabéns, meu querido Gil!
    Adorei o poema!
    Aliás...gosto de todos os teus poemas!

    Com toda a minha ternura de amiga,
    Beijo.

    Maria

    ResponderEliminar
  4. Passando pra deixar bjins
    e o desejo de um belissimo dia.

    "Não importa o que fizeram de mim, o que importa é o que eu faço com o que fizeram de mim. "Jean-Paul Sartre

    ResponderEliminar
  5. Lindo poema!

    Uma verdadeira paixão em ebulição!

    Uma semana de dádivas para o seu coração!

    Um beijo carinhoso

    ResponderEliminar
  6. Que intenso sentir. Tu em mim e eu em ti!!!!
    Saudade

    ResponderEliminar
  7. Meu querido senti o teu sentir na beleza das tuas palavras:)
    beijo d'anjo

    ResponderEliminar
  8. Um beijo para ti

    O poema é daquels que transborda sentimento e que te conheço tão bem

    Beijo

    ResponderEliminar
  9. E que bom é sentir assim...

    Querido Gil, o teu beijo de boa noite.

    ResponderEliminar
  10. ...E as palavras dizem tudo no grito dos sentimentos.

    ResponderEliminar
  11. Sempre tão romântico! Belo poema, no qual o sentimento fala mais do que as palavras!

    Bjos

    ResponderEliminar
  12. Intensamente sensual e romantico amigo Gil.
    O amor permane para além dos condicionalismos e o sangue corre mais rápido quando a paixão invade coração, corpo e mente... (vale sempre a pena)
    Beijo com Arrepio na pele.

    ResponderEliminar
  13. Amigo Gil,

    Grandioso poema, cheio de sentimento, harmonia e sensualidade... as palavras transportam a emoção do amor e da comunhão de dois seres.

    Parabéns
    Luis

    ResponderEliminar
  14. Olá Gil, é bom quando há paixão+amor= felicidade. Beijos

    ResponderEliminar
  15. QUERIDO GIL, MARAVILHOSO POEMA... PALAVRAS SUBLIMES... ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar